Campolide,

Homenagem ao poeta Carlos Conde

  • IMG_2319.jpg
  • IMG_2334.jpg
  • IMG_2336.jpg
  • IMG_2342.jpg
  • IMG_2352.jpg
  • IMG_2364.jpg
  • IMG_2414.jpg
  • IMG_2437.jpg
  • IMG_2459.jpg
  • IMG_2520.jpg
  • JMB_0140.jpg
  • JMB_0156.jpg
  • JMB_0159.jpg
  • JMB_0165.jpg
  • JMB_0171.jpg
  • JMB_0180.jpg
  • JMB_0182.jpg
  • JMB_0183.jpg
  • JMB_0186.jpg
  • JMB_0187.jpg

A Junta de Freguesia de Campolide homenageou, no dia 22 de Novembro, o poeta Carlos Conde, autor de centenas de letras de Fado, e reconhecido como um dos expoentes máximos na área.

Esses fados traduziram-se em verdadeiros sucessos nas vozes de muitos fadistas: “A mulher que já foi tua”, “Baile dos Quintalinhos”, “Bairros de Lisboa”, “Um resto de Mouraria”, “O Fado da Bica”, “Não sou ciumenta”, “Rapsódia de fado antigo”, “Trem desmantelado”, “Não passes com ela à minha rua”, ou “Fins do século passado”.

Carlos Conde deixou de escrever para nós em Julho de 1981, mas o seu legado é eterno.

A grandiosidade da sua obra poética e humana foi alvo de muitas homenagens, prémios e menções honrosas.

A Junta de Freguesia de Campolide não podia deixar de assinalar o 115º aniversário do nascimento do poeta, evocando mais uma vez a memória de um homem com um talento nato para transmitir emoções. 

A homenagem começou com o descerramento de uma placa evocativa na casa onde viveu, na Rua Vitor Bastos, às 18H30.

Seguiu-se a inauguração da exposição sobre a vida e a obra do poeta, que pode ser vista até 16 de Dezembro, no auditório Adácio Pestana. Uma noite de Fados, que também decorreu no auditório, foi o culminar de um dia intenso para familiares, amigos e admiradores do poeta. As fadistas Joana Almeida, Maria Amélia Proença e Nuno Aguiar, acompanhadas à guitarra por António Parreira (guitarra portuguesa), e  Guilherme Carvalhais (viola de fado), deram voz a alguns dos muitos fados que o poeta nos legou.

Maria Teresa Almeida, secretária da Junta de Freguesia de Campolide, evocou a memória do poeta e lembrou que “esta era uma homenagem que o executivo da JFC não poderia deixar de fazer”.

 

O portal da JFC utiliza cookies de rastreamento anónimo para melhorar a interacção com o Utilizador. Ao continuar a navegação, está a concordar com o uso de cookies.