Campolide,

Valorizar o Património Cultural

2018 é o Ano Europeu do Património Cultural. Neste sentido, o Programa Escolhas desenvolveu uma actividade de reflexão e valorização do património.


O projecto Campolide Soma&Segue E6G visitou o Museu do Fado, buscando mais conhecimento por este universo musical e da guitarra, focando-se em particular no poeta Carlos Conde, que dá nome à rua onde se situa o projecto no bairro da Serafina e que inspirou fadistas como Amália Rodrigues, Carlos do Carmo e Alfredo Marceneiro.

Tempo ainda para visitar o emblemático Aqueduto das Águas Livres.
Foi posteriormente organizada uma exposição, utilizando as informações recolhidas e promovendo um debate acerca da importância da protecção do património.

O portal da JFC utiliza cookies de rastreamento anónimo para melhorar a interacção com o Utilizador. Ao continuar a navegação, está a concordar com o uso de cookies.